CPI não é para se vingar, mas para que se faça justiça para as vítimas, diz Aziz

CPI não é para se vingar, mas para que se faça justiça para as vítimas, diz Aziz

 

 

O senador Omar Aziz (PSD-AM), candidato a presidir a CPI da Covid, afirmou que o objetivo da Comissão não é se vingar de ninguém, mas fazer justiça para as mais de 380 mil vítimas da pandemia do novo coronavírus.

 

“Vamos saber o que erramos para que não tenha mais óbitos no Brasil. Vamos saber o que nós todos deixamos de fazer para que a gente possa tentar evitar o maior número de óbitos”, afirmou Aziz, em entrevista à CNN.

 

“Não é justo e não tem lógica o Brasil, que representa 2,5% da população mundial, ter mais de 26% dos número de óbitos no mundo. Ninguém consegue entender isso.”

 

Ele disse ainda que não vai investigar pessoas, mas sim fatos. “E procurarei, como presidente, levar esses fatos à sociedade. A conclusão final, do relatório, não será de um relator, mas aprovado pela maioria que compõe a CPI da Covid”, completou.