Justiça autoriza aborto de criança de 10 anos que ficou grávida do tio ao ser estuprada

Justiça autoriza aborto de criança de 10 anos que ficou grávida do tio ao ser estuprada

Da redação 

A Justiça estadual autorizou a interrupção da gravidez na criança de 10 anos, grávida de três meses, após ser estuprada pelo tio. A decisão atende a um pedido do Ministério Público Estadual (MP-ES). A criança está hoje sob tutela do Estado e está em Vitória. O hospital ou a data do procedimento não forma revelados.

A criança era violentada desde os seis anos de idade pelo tio. A criança procurou uma tia, e relatou que desconfiava da gravidez. A tia procurou uma unidade de saúde no sábado (8), onde foi confirmada a gestação de três meses.

Após ser constata a gravidez e os estupros, os militares seguiram até a casa do homem, onde foram recebidos pela ex-mulher. Ela contou que pouco antes da polícia chegar, o suspeito esteve na casa, pegou o carro e saiu sem dizer para onde iria.

A criança recebeu uma medida protetiva e segue sob segurança. Já o homem é procurado pela polícia. As identidades dos envolvidos não serão repassadas para preservar a imagem da vítima.